Comerciantes reclamam de decreto que vai endurecer quarentena em Caruaru

186
Foto: (Reprodução/TV Jornal Interior)

Os comerciantes de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, ficaram insatisfeitos com a decisão do Governo do Estado em endurecer as medidas restritivas da circulação de pessoas na cidade. Alguns setores que já tinham sido autorizados a reabrir não poderão mais atender o público desta sexta-feira (26) até o dia 5 de julho. Além disto, a decisão frustrou a expectativa de alguns de que haveria flexibilização das medidas de isolamento social nas próximas semanas.

A principal razão para a quarentena mais rígida tanto em Caruaru como em Bezerros é o aumento no número de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) na região, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). O secretário municipal de Saúde, Francisco Santos, reconhece que o isolamento na cidade diminuiu. “A gente observa isso de uma maneira geral. Houve uma queda e depois uma manutenção, mas sempre respeitando tudo o que estava autorizado para funcionar”, afirmou.