Grupo de Fiscalização Integrada Covid-19 intensifica fiscalização no centro de Caruaru

77
(Fotos: Divulgação)

Em virtude da insistência da população e observância de maior aglomerações no centro de Caruaru, as fiscalizações conjuntas entre a Secretaria de Ordem Pública, Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transportes (DESTRA), Guarda Municipal, Secretarias da Fazenda e de Serviços Públicos, PROCON, Ouvidoria, Vigilância Sanitária e Autarquia de Urbanização e Meio Ambiente de Caruaru, além de entidades parceiras como Polícia Militar, Bombeiro Militar, Bombeiro Civil, Detran e Disque-Denúncia, foram intensificadas depois da publicação do novo decreto. As ações têm com objetivo reduzir ainda mais a circulação de pessoas nas vias da cidade, como a limitação do número de pessoas da mesma família em estabelecimentos comerciais e a obrigatoriedade em oferecer itens de higiene para os clientes acessarem os locais.

Em caso de descumprimento das medidas impostas por força dos decretos Estaduais e Municipais, os estabelecimentos continuam sujeitos à suspensão do alvará, aplicação de multa e condução a delegacia de polícia com a Polícia Militar, em função do enfrentamento ao COVID-19. A pena varia de detenção de um mês a um ano. Durante quase dois meses de fiscalização, algumas pessoas foram conduzidas à delegacia, atuadas pelos crimes de desacato, lesão corporal e reincidência na tentativa de funcionamento do estabelecimento.

“Novas ações foram desencadeadas a partir deste sábado (9), dentre elas, a ampliação da equipe de fiscalização, com a observância do uso das máscaras e funcionamento dos estabelecimentos comerciais, coibição dos estacionamentos irregulares, por meio da DESTRA, DETRAN e BIESP. Os servidores da secretaria de saúde estarão aferindo da temperatura da população nas filas de banco e no interior das lojas com permissão de funcionamento, além da observância das regras de vigilância sanitária nos estabelecimentos em funcionamento, com uso de máscaras, distanciamento social interno, disponibilização de álcool gel, utilização de luvas quando necessário e locais de higiene para funcionários e clientes”, comentou a secretária de Ordem Pública, Karla Vieira.

“Nesta segunda-feira (11), o Grupo de Fiscalização Integrada Covid-19 estará também acompanhado in loco o Parque 18 de Maio, evitando o funcionamento do local, por parte de alguns sulanqueiros. A prefeitura recentemente lançou uma plataforma chamada Delivery Sulanca, que está funcionando no Polo Caruaru. Quem estiver levando mercadoria só pode ficar no espaço por 40 minutos, no máximo. É importante esclarecer que não é permitida a venda dentro do espaço e nem nas imediações, apenas a entrega das mercadorias, já que o espaço é apenas para efetuar a distribuição”, destaca o secretário de Serviços Públicos, Ytalo Farias.

*Trânsito -* A Autarquia de Trânsito liberou o estacionamento rotativo da Zona Azul para o uso livre das vagas. Os condutores continuam desrespeitando de forma contundente a legislação de trânsito, sobretudo o estacionamento irregular em locais proibidos, em pontos de ônibus e a menos de 5m da esquina, dificultando a fluidez dos demais usuários da via e até obstruindo, em alguns casos, a circulação viária, principalmente do sistema de transporte coletivo. A sinalização e demais regras de trânsito devem ser observadas, sob pena do condutor infrator sofrer as penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro – CTB.

A população pode contribuir denunciando casas de shows e bares por meio do disque-denúncia, nos telefones: 3719–4545 (das 7h às 19h, de segunda a sábado), ou pelo WhatsApp 98256 – 4545/ 98170-2525. Outro contato disponível é o da ouvidoria municipal, no número 156 (das 7h às 13h, de segunda a sexta), ou no WhatsApp 98384-5936. A denúncia pode ser feita também pelo 190 da Polícia Militar.